Notícias

05
ago
2018
    Publicidade
Belém é palco de mais uma edição do Festival Amazônico de Cerveja

A 3ª edição do Festival Amazônico de Cerveja, que ocorre de 6 a 9 de setembro, em Belém, promete mais de sete mil litros de cerveja, acordes da Orquestra de Violoncelistas da Amazônia e diversas atrações da gastronomia nacional e local.

A terceira edição do evento precisou de um espaço maior este ano, devido à extensa programação gastronômica, musical e cervejeira para garantir a acomodação das centenas de rótulos. Foi escolhido o Espaço Náutico Marina Club, com mais de 3mil m².

“O conceito do evento é baseado nesse tripé: música, cerveja e gastronomia, mas esse ano vamos ter um destaque especial, que é o churrasco. Vamos trazer o coletivo churrasqueiro Jambu BBQ, que fortalece essa cultura, mas tem um toque regional”, afirmou um dos idealizadores, Ricardo Gluck Paul.

Em 2018 serão 40 cervejarias com mais de 100 rótulos de cerveja para o público. E o destaque também está nas atrações gastronômicas, que contará com a presença de Lucas Estrela, Clarisse Duarte Lima e Rui Morschel, do maior reality gastronômico da TV aberta brasileira.

“Estão programadas visitas à casa da Dona Nena, produtora de chocolate 100% cacau da ilha, e à uma comunidade produtora de açaí. Eles também vão almoçar em uma das barracas dos ribeirinhos que ficam na beira do rio, e depois vão poder conferir um show da Orquestra Pau e Cordista de Carimbó”, explicou Gibson Massoud, um dos realizadores do evento.

South Beer Cup

Durante o evento também será realizado, pela primeira vez no Norte do Brasil, a premiação do South Beer Cup. Conhecido como a “Copa Libertadores das Cervejas”, se transformou no principal concurso cervejeiro da América do Sul, realizado anualmente há sete anos, revezando a sede do evento entre o Brasil e a Argentina.

O Concurso, baseado pelas normas da Brewers Association, julga em média cerca de 800 rótulos de centenas de cervejarias de países como o Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai com cerca de 60 jurados de diversas partes do mundo.

Cada cervejaria participante pode inscrever até seis cervejas até o dia 11 de agosto, podendo encerrar quando o número máximo de cervejas inscritas (1.500) for atingido. A taxa para cada rótulo é de R$ 230. Cada cerveja será avaliada pelos juízes de acordo com o estilo indicado pela cervejaria.