Notícias

19
jan
2017
    Publicidade
Café Viena Beer

Clima austríaco, tempero mineiro e muitas artesanais

Inaugurado em 1999, quando os proprietários, o casal Ingrid Melo Franco Chlad Paulinelli e Wellerson Fiuza Paulinelli, ele economista, de origem italiana, e ela farmacêutica e bioquímica, austríaca, perceberam o nicho de mercado das cervejas artesanais e aproveitaram que em Belo Horizonte, à época, praticamente não havia onde comprar as desejadas novidades – só existiam a Erdinger e mais três, ou quatro tipos diferentes em um supermercado.

Quando o bar surgiu, a ideia era trazer para a capital mineira os cafés austríacos, tradicionais na Europa, onde as pessoas se reúnem pela manhã, ou à tarde, para conversar, ler jornal, revista e, até mesmo, fazer negócios. Segundo o casal, esta ideia de cafeteria se arrastou por uns quatro anos, sem sequer uma cerveja no cardápio – apenas bolos, cafés, salgados, quitutes diferenciados, as tradicionais tortas alemãs, além de sorvetes austríacos, preservados até hoje, pelo grande sucesso que fazem.

 

Quer ler esta matéria na íntegra? Adquira já sua edição #26!