Notícias

28
dez
2017
    Publicidade
Cena cervejeira europeia: cerveja e Natal, uma combinação saborosa em Portugal

Bianca Toniolo é colunista on-line da Revista da Cerveja. Ela estuda branding e marketing digital no mercado cervejeiro. Atualmente, mora em Portugal, onde cursa mestrado em Comunicação na Universidade da Beira Interior.

 

A 4ª edição do Aveiro Beer Fest teve clima natalício. Com o tema “Ho! Ho! Ho!”, a proposta do evento, realizado de 15 a 17 de dezembro no Mercado Manuel Firmino, em Aveiro (250 km ao norte de Lisboa), foi promover a cerveja artesanal como uma possibilidade de presente. Ao longo de três dias, 5 mil visitantes puderam provar uma grande variedade de cervejas, conversar com os produtores e adquirir kits natalícios. Participaram 12 marcas portuguesas de cervejas artesanais: Maldita, Burguesa, Barona, Letra, Rapada, Post Scriptum, Rolls Beer, Vadia, Beata, Aldeana, Colossus e Renascer.

O Aveiro Beer Fest tem o intuito de difundir a cultura cervejeira acentuada nos últimos anos, e consolidar a cidade de Aveiro como mais um ponto de referência de cerveja artesanal em nível nacional. Para Gonçalo Faustino, diretor da Cervejaria Maldita, única cervejaria artesanal da cidade e uma das sete da região, desde a primeira edição o evento se mostrou um forte impulsionador do movimento craft. “As pessoas já conhecem o evento e até perguntam por ele com antecedência. Toda a gente gosta de oferecer no Natal umas cervejas diferentes àqueles de que gostam e isso é que faz com que o evento tenha crescido de ano para ano”, explicou Faustino.

 

Ao contrário dos habituais festivais de cerveja, o Aveiro Beer Fest vende mais cerveja para levar para casa do que para consumo no festival. “As pessoas, tão próximo do Natal, querem sempre arranjar um presente diferente e aproveitam para levar packs das marcas”, afirmou Faustino. O festival é também um momento para lançamentos. Nessa edição, o destaque ficou para as cervejas envelhecidas em barril. “Geralmente, as apresentações ao público são feitas no Aveiro Beer Fest. O evento serve também para dinamizar a nossa cidade. Como aveirenses, temos todo o orgulho em ver a cerveja artesanal aqui representada num festival de conceito único no nosso país, que aproxima a cerveja de momentos íntimos como o de oferecer um presente a alguém”, concluiu Faustino.

 

Cerveja solidária

As vendas da Cerveja Renascer, lançada durante o Aveiro Beer Fest, vão ajudar a recuperar florestas devastadas pelos incêndios que aconteceram neste ano em Portugal. Já são 9.500 árvores angariadas na campanha. A iniciativa é das cervejarias Letra (Braga) e Rapada (Oliveira do Hospital), que criaram uma cerveja de caráter solidário. A ação inclui a venda de pack contendo uma garrafa e uma pequena árvore. Para cada pack vendido, serão plantadas cinco árvores nas zonas mais afetadas. Confira aqui o vídeo de lançamento da Cerveja Renascer. Os incêndios florestais de junho e outubro de 2017 atingiram mais de 500 mil hectares e causaram mais de 90 mortes no país.