Notícias

08
jun
2018
    Publicidade
Música: marketing roqueiro e cervejeiro

O contrabaixista e vocalista Michel Laroni, que ao lado de Igor Lima (bateria), João Victor (guitarra) e Sandro Marte (voz, guitarra e violão) forma a Papagaio, diz que a proposta era lançar uma cerveja porque isso é uma estratégia de marca que agrega valor ao nome da banda.

“Diversas nacionais e internacionais têm criado seus próprios rótulos.” Ligados no assunto, todos os integrantes da banda são cervejeiros e amam a bebida, já tendo participado de festas gastronômicas em Minas Gerais, onde as cervejarias artesanais sempre estão presentes.

“Pensamos que ter uma cerveja com nosso rótulo seria uma boa ação de marketing e fidelização dos fãs. Afinal, cerveja e rock and roll andam de mãos dadas há mais de meio século, quando o estilo surgiu.”

O encontro com a Dunk Bier, que elaborou a cerveja, veio através de uma relação com Paula Dunk, esposa de um dos sócios da cervejaria, Marcelo, já que ela e os músicos Michel, Igor e Sandro são colegas no Banco do Brasil. A partir daí, foi um passo para uma reunião na cervejaria e partir para a produção da cerveja.

“No encontro com o Marcelo, provamos os tipos de cerveja que a Dunk Bier já fabricava e optamos pela Kölsch.” Satisfeito com o resultado, Michel diz que o estilo tem uma cor dourada e sabor suave, destacando-se pelos quatro tipos de malte, um deles de trigo. “É uma cerveja de família Ale com baixo amargor e aroma frutado sutil.”

Quer ler a matéria completa? Adquira a edição #34  da Revista da Cerveja.

Foto: Vagner Rocha