Notícias

16
abr
2018
    Publicidade
O trub na produção de cerveja

Decorrente do processo de produção cervejeira, o trub se desdobra em duas temperaturas: quente e fria. As duas etapas são importantes para o resultado final do produto final, a cerveja. Para explicar um pouco mais sobre o trub e suas características, ouvimos o experiente mestre-cervejeiro e consultor Ilceu Dimer.

Ele começa explicando que o trub é constituído por flocos de partículas que sedimentam no whirlpool (movimento circular feito no mosto na panela, para decantar lúpulo e proteínas), ao final da fervura, e também no fermentador. “As partículas que sedimentam no whilrpool chamamos de trub quente e a sua retirada se dá através da sedimentação das partículas formadas durante o cozimento do mosto.” O equipamento usado para essa retirada, explica, poderá ser a própria caldeira de fervura ou, então, fazendo a transferência para outro equipamento, chamado de tanque de decantação ou whirlpool. A sedimentação vai ocorrer num período de aproximadamente 20 a 25 minutos, tempo que se verifica antes do resfriamento do mosto para a fermentação.

Quer ler a matéria completa? Adquira a edição #33  da Revista da Cerveja.