Notícias

10
jul
2018
    Publicidade
Tynt Meadow é a primeira cerveja trapista da Inglaterra

Abadia Mount Saint Bernard produz a bebida desde 2013 e conquistou certificação para uso do selo trapista nos rótulos. Vendas iniciam este mês.

A terra da rainha conta agora com a sua primeira cerveja autenticamente trapista. A Tynt Meadow recebeu autorização da International Trappit Association para usar o selo “Authentic Trappist Product” nos rótulos. Produzida pelos monges da abadia Mount Saint Bernard, que fica em Leicestershire, essa é a 14ª cerveja autenticada com o selo no mundo.

Os monges da St. Bernard produzem cerveja desde 2013 como fonte de renda para seu trabalho comunitário. Foi quando, por inviabilidade econômica, precisaram fechar a fazenda que mantinham. Eles visitaram outras cervejarias trapistas como parte da pesquisa para a sua própria produção, e então criaram a Tynt Meadow. O nome é uma homenagem ao local onde os monges se estabeleceram em 1835.

A mais nova trapista é uma Strong Dark Ale com características inglesas. É feita com cevada e lúpulo da Inglaterra, além de uma cepa inglesa de levedura. Refermentada na garrafa, tem cor marrom escura com matizes avermelhados e espuma bege, trazendo sabores de chocolate amargo e figo, com 7,4% ABV.

 

TRAPISTAS NO MUNDO

Para ser classificada como trapista, a cerveja precisa ser produzida pelos próprios monges ou sob sua supervisão. Além disso, a sua produção não pode ser voltada para o lucro e precisa ser secundária com relação aos outros trabalhos do mosteiro e do seu estilo de vida. Com a inclusão da Tynt Meadow, hoje são 14 cervejas trapistas autenticadas pela associação internacional, seis delas na Bélgica.

Confira a lista completa:
1. Achel, produzida pela Achelse Kluis Brewery (Bélgica);
2. Cardeña, produzida pelo mosteiro St. Peter of Cardeña (Espanha);
3. Chimay, produzida pela cervejaria Bières de Chimay, da abadia de Scourmont (Bélgica);
4. La Trappe, produzida pela abadia de Koningshoeven (Holanda);
5. Mont des Cats, produzida pela abadia Mont des Cats (França);
6. Orval, produzida pela abadia Orval (Bélgica);
7. Rochefort, produzido pela abadia Our Lady of Saint-Remy (Bélgica);
8. Spencer Trappist, produzida pela abadia Saint Joseph’s (EUA);
9. Stift Engelszell, produzida pela abadia Stift Engelszell Abbey (Áustria);
10. Tre Fontane, produzida pela abadia Tre Fontane (Itália);
11. Tynt Meadow, produzida pela abadia Mount Saint Bernard (Inglaterra);
12. Westmalle Tripel, Dubbel e Extra, produzidas pela abadia Our Lady of the Sacred Heart (Bélgica);
13. Westvleteren, produzida pela abadia Sint-Sixtus (Bélgica);
14. Zundert, produzido pela abadia Maria Toevlucht (Países Baixos).