34ª Encontro da Abrasel terá palestra sobre cerveja artesanal

Texto: Andréia Ramires | Imagem: Divulgação

O 34ª Encontro da Abrasel I Congresso Internacional de Alimentos e Bebidas, idealizado pelo CIAS lnnovation, acontecerá em Porto Alegre/RS, entre os dias 19 e 21 de novembro. A organização preparou aos visitantes três eventos: Seminário Futuro dos alimentos, Congresso Nacional Abrasel e Congresso Internacional de A&B do CIAS. Entre os assuntos, a cerveja artesanal será um dos temas a serem abordados.

A cada ano são realizadas duas edições do evento em diferentes estados. O mote é oferecer oportunidades de aprimoramento pessoal e novos negócios. O Encontro contará com palestras, visitas técnicas, feira de negócios e cozinha show, e trará a Porto Alegre empresários e profissionais do setor de todo o país.

O evento terá como temas a Inovação, Negócios, Cultura e Formação em Alimentos e Bebidas. Durante o congresso, ocorrerão atividades teóricas e práticas, sobre bebidas como vinho, cerveja, cachaça, destilados, coquetéis e café.

Palestra sobre cerveja artesanal

Marcelo Scavone, beer sommelier, fundador da Escola da Cerveja e sócio da Escola de Gastronomia Aires Scavone, irá palestrar no dia 21, a partir das 16h, o tema “Cerveja artesanal: agregando valor e melhorando a receita de seu negócio”. A palestra consiste em apresentar o mundo da cerveja, seu crescimento, o mercado e como a bebida pode agregar valor aos restaurantes.

“Muitos restaurantes têm medo de trabalhar com cerveja artesanal, alegando que seus clientes não pedem ou não estão acostumados e que, com isso, vão perder a bebida por conta da validade. Isso não é verdade, desde que esses estabelecimentos tenham um treinamento prévio, orientem e qualifiquem a sua equipe de salão, além de qualificar o cardápio para que possa servir de elemento para que tu possas falar sobre harmonização, por exemplo, e a cerveja não seja apenas coadjuvante”, diz Scavone.

Scavone também explica que para os estabelecimentos que optam em trabalhar com chope, todo cuidado é pouco. “Às vezes as pessoas não sabem operar serviço de chope, não limpam direito ou não tomam os cuidados necessários. Tem que ter todo um cuidado com o chope para que ele não estrague e o restaurante entregue uma bebida de qualidade para o cliente. Erros assim implicam até em perdas até para as cervejarias, do ponto de vista da imagem. Às vezes o bar não soube operar o chope e o cliente acaba carimbando a cervejaria como ruim.”

Para realizar a inscrição ou conferir a programação completa, acesse o site do Encontro da Abrase neste link.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*