Brasil leva oito medalhas no Brussels Beer Challenge

Texto: Andréia Ramires | Foto: Bart Van der Perre

O Brussels Beer Challenge de 2019, divulgado no dia 18 de novembro, na Bélgica, premiou seis cervejarias brasileiras. Entre elas estão a Backer (MG), Bamberg (MG), Bodebrown (PR), Brotas Beer (SP), Lohn Bier (SC) e Nói (RJ).

Ao todo, foram duas medalhas de ouro, uma de prata, cinco de bronze e quatro certificados de excelência distribuídas entre as cervejarias brasileiras. O Brussels Beer Challenge é um concurso internacional de cervejas que premia todos os anos cervejas produzidas ao redor do mundo e, nesta edição, avaliou 1650 cervejas de 40 países. Ao todo, 90 jurados internacionais fizeram parte do quadro de juízes.

A Bamberg conquistou ouro com a Altbier e a Sepultura Ale, nas categorias Altbier e Best Bitter, além de bronze na categoria Herb & Spice com a Habanero Rauchbier. Já a cervejaria Brotas foi medalhista de prata e bronze nas categorias Dunkel Bock/Doppelbock e Irish Red Ale, com as cervejas Brotas Beer Bock e Brotas Beer Red Ale, respectivamente.

A Backer levou bronze com a Bravo, na categoria Wood and Barrel Aged e recebeu Certificado de Excelência com a Reserva Sour Wood na categoria Wood and Barrel Aged. A Lohn Bier ganhou medalha de bronze com a cerveja Carvoeira, na categoria Herb and Spice, enquanto a carioca Noi foi premiada com bronze pela Cioccolato na categoria Flavoured Beer Chocolate.

A cervejaria que mais conquistou Certificados de Excelência foi a paranaense Bodebrown, com três. Os Certificados de Excelência são dados para as cervejas que não receberam medalha, mas que, segundo os juízes, possuem alta qualidade e estão no mesmo padrão das medalhistas. As cervejas destacadas para o prêmio foram a a Brut Sour Blanc, La Grisette Supérior e Cavel Colinas de Pedra Black Brut Metodo Originale.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*