Brewdog Overworks apresenta 3 novos rótulos

Conheça as novidades da empresa focada em cervejas envelhecidas em madeira.

A cervejaria escocesa Brewdog trouxe para o Brasil em 2019 a Overworks, braço do grupo focado em cervejas envelhecidas em madeira. O projeto especial marca o novo capítulo na história da empresa, que tem o objetivo de ultrapassar os limites das cervejas ácidas maturadas em barris. Para tal, construíram uma nova unidade em Ellon, também na Escócia, a fim de explorar todas as possibilidades utilizando a microflora natural do ambiente, leveduras selvagens e ingredientes cuidadosamente selecionados. A importadora Interfood apresenta algumas novidades desta cervejaria no país, com três rótulos disponíveis a partir desta semana:

BREWDOG OVERWORKS COSMIC RASPBERRY

Exclusiva no site TodoVino, a Cosmic de framboesas frescas é o carro-chefe da Overworks. Fermentada com blend exclusivo de leveduras, é envelhecida em foeders de Sangiovese da Emília Romagna por seis meses antes de ser fermentada com framboesas frescas. Envasada sem pasteurização e filtragem para maior frescor e complexidade. Esta Sour Ale apresenta cor vermelho claro com reflexos alaranjados e média turbidez. No aroma, notas de framboesas frescas, cereja, couro e toque de especiarias. Na boca, possui corpo leve, boa acidez, toques vínicos e amadeirados com final fresco e frutado.

BREWDOG OVERWORKS COSMIC STRAWBERRY VANILLA

Também exclusiva TodoVino e fermentada com o blend exclusivo de levedeuras da Overworks, a edição morango e baunilha passa 12 meses maturando em foeders de vinho italiano, onde ganha ainda mais complexidade. Então, morangos são adicionados para iniciar a refermentação e em seguida, leva adição de baunilha. O resultado é uma Barrel Aged Sour Ale delicada, fresca, frutada e equilibrada. Uma cerveja laranja com reflexos avermelhados. Notas de morango, baunilha, coco, frutas vermelhas e toques amadeirados. Na boca, possui corpo leve/médio, boa acidez, com final seco e frutado.

BREWDOG OVERWORKS PIE IN THE SKY
Encontrada nas gôndolas das principais lojas, esta Pastry Sour Stout lembra uma torta de chocolate com cerejas. Tem como base a imperial Stout que é fermentada com cerejas, leva adição de baunilha e é maturada em barris de whisky de Speyside – que é a região na Escócia com maior concentração de destilarias de Single Malt no país. Complexa, com boa acidez, taninos delicados e final levemente adocicado. Com reflexos avermelhados, notas de chocolate, baunilha, couro e café.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*