Caropreso com cerveja: cervejas e peixes na Semana Santa

Por Luiz Caropreso, sommelier de cervejas, professor pela Doemens Akademie e diretor da BeerBiz – Cultura Cervejeira.

Olá meus amigos cervejeiros!
Entramos no outono e daqui a alguns dias estaremos na Semana Santa. Este período me traz à memória minha infância. Sou de uma família católica que mantinha, principalmente por conta de minha mãe, algumas tradições. Na Semana Santa, só podíamos comer peixes. Inspirado na “Vovó Magda”, vou propor algumas harmonizações com cervejas e frutos do mar.

  • Sapporo Premium Lager com combinado de sashimis
    Minha proposta para esta Premium Lager produzida em Tóquio, Japão, com 4,9% de teor alcoólico, é uma harmonização cultural. A cerveja é muito leve, bem carbonatada e pouco complexa, cumprindo a função de limpar o palato e combinando muito bem com esse prato oriental, composto de vários peixes e crustáceos delicadamente fatiados, sem cozimento algum, no qual praticamente não se utilizam condimentos, à exceção do molho de soja.

image

  • Experimento Saison Umbu com peixe frito
    Os mineiros são apaixonados pela pesca nos rios e, geralmente, preparam seus peixes ainda em suas margens. Tilápias e lambaris fresquíssimos, temperados apenas com sal, são fritos até ficarem crocantes e devorados, acompanhados de cervejas geladas. Quero sugerir um resgate dessa tradição gastronômica. Acompanhe seus peixes fritos preferidos com a Saison Umbu da Experimento Beer, de Belo Horizonte/MG, produzida em parceria com a Coopercuc e a DoDesign-s. O umbu adicionado na receita traz, além de um delicioso frutado, certa doçura e alguma acidez que, associada aos seus 6,2% de álcool, irá fazer um par delicioso com os pescados.

Saison Umbu

  • Maniba Red “Meth” Flanders com paella de frutos do mar
    A Maniba Red “Meth” foi escolhida pelo júri como a melhor entre todas as cervejas do Concurso Brasileiro 2016 em Blumenau/SC. Produzida pela Cervejaria Maniba em Novo Hamburgo/RS, é um estilo pouco comum, uma Oud Bruin – ou Red Flanders, como alguns ainda defendem – com 5,8% de álcool e envelhecida de 8 a 10 meses em barril de carvalho. A harmonização com uma suculenta paella de frutos do mar é algo tão maravilhoso que não vou conseguir definir com palavras. Vocês precisam experimentar.

Maniba-Red-Meth

  • Heilige/Suricato Palessauro com frigideira de siri
    Siri combina com acidez, isso é fato. Para harmonizar com uma brasileiríssima frigideira feita com esse crustáceo, vou sugerir a Palessauro, também agraciada com medalha de ouro no Concurso Brasileiro de Cervejas 2016 na categoria American Sour Ale. Este néctar de coloração dourada tem 5,5% ABV, esbanja frutas tropicais como manga, abacaxi e maracujá, trazendo ainda um insinuante aroma de vinho branco. Apresenta equilíbrio no paladar, com destaque para sua acidez, que proporciona um belo e surpreendente casamento com a untuosa frigideira de siri.

Palessauro

 

Quero aproveitar para desejar a todos e às suas famílias uma Páscoa muito feliz.

Saúde!

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*