Caropreso com cerveja — Explorando novos sabores

Caropreso

Por Luiz Caropreso, sommelier de cervejas e diretor da Beerbiz.

Olá meus amigos cervejeiros.

Nestes tempos de pandemia, uma das coisas que podemos fazer para espairecer um pouco e desanuviar os pensamentos negativos é experimentar boas cervejas na segurança de nossos lares. Tudo bem, não é à mesma coisa que a gente poder se encontrar com os amigos, trocar abraços e jogar conversa fora nos bares da vida, mas ao menos, são momentos em que a gente se distancia um pouco das tragédias (e haja tragédia neste país) e foca nos prazeres zitogastronômicos. Sempre procuro trazer pra vocês boas novidades, e neste mês não será diferente. Vamos a elas.

Cerveja: Octopus She Brings the Rain
Estilo: New England IPA
Cervejaria: Cervejaria Octopus – Rio de Janeiro, RJ – @cervejariaoctopus
ABV: 6,6%

Conheço a Octopus já há algum tempo. Sempre me surpreendem por sua qualidade e criatividade. A cervejaria propõe que a experiência de degustação de suas cervejas seja feita ao som de boas músicas. Para isso, disponibiliza até uma playlist do app Spotify em seu site. She Brings the Rain é o título de uma música que consta do álbum Soundtracks da banda experimental alemã CAN. A letra flerta com a psicodelia, descreve um cenário turvo, com nuvens, cogumelos e chuva que precede a primavera. A cerveja por seu lado, traz uma combinação dos lúpulos Citra, Cryo Ekuanot, e Sabro LupoMAX, que lhe conferem um sabor que remonta a notas de frutas cítricas, destacando-se Lima da Pérsia e Limão.

Tem coloração amarelo claro, com boa formação de espuma e é turva. Os sabores cítricos são os grandes protagonistas. Tem um leve dulçor e seu amargor é muito equilibrado e agradável. Proponho harmonizar com queijos suaves de cabra, tortas tipo cheesecake de limão siciliano ou maracujá e peixes menos intensos como pescada cambucu assada.

Cerveja: Seasons Pacific

Estilo: Extra Pale Ale (American Pale Ale)
Cervejaria: Seasons – R. Provenzano, 333 – Anchieta, Porto Alegre – RS
ABV: 5,4%

A Seasons hoje faz parte do Grupo CBCA, junto com a Leuven de São Paulo e a Shornstein de Santa Catarina. E escolheram justamente a cozinha da catarinense para produzir mais essa receita do Mestre Cervejeiro Leo Sewald, uma American Pale Ale feita aos moldes das Extra Pale Ales de San Diego na Califórnia.

A Pacific é classificada pela cervejaria como uma Extra Pale Ale. Tem alta drinkability, e é uma companheira adequadíssima para curtir uma praia ensolarada apreciando as manobras dos surfistas. Aliás, o rótulo dela mostra uma vaca (animal adotado pela Seasons como mascote) surfando. Vale lembrar que entre surfistas e skatistas, tomar uma vaca é o mesmo que cair da prancha. A cerveja é linda e super refrescante. Tem uns sabores de frutas tropicais que pedem mais um gole, e mais um e outro… Para harmonizar, vamos seguir as indicações do cervejeiro: hambúrgueres, comida mexicana e comidas condimentadas. Acrescento asinhas de frango estilo buffalo wings e costelinhas de porco ao barbecue.

Cerveja: Blumenau Frida Framboesa
Estilo: Fruit Beer (Base Belgian Blond Ale)
Cervejaria: Blumenau – R. Arno Delling, 388 – Itoupavazinha, Blumenau/SC
ABV: 7,3%

A premiada Cervejaria Blumenau, desde o ano passado, lança um rótulo comemorativo ao dia dos namorados. Neste ano, a Frida Framboesa vem um pouquinho diferente. Em cima da base da Frida, uma Belgian Blond Ale, foram acrescentadas framboesas e baunilhas. O resultado é uma romântica Fruit Beer, com traços rosáceos no líquido e na espuma. Nos aromas e sabores a gente consegue sentir o dulçor dos maltes da base, a acidez da fruta e o perfume sutil da baunilha. Vale degustar a dois, mesmo após o dia dos namorados. Sugiro acompanhar um fondue de queijo, seguido por fondue de chocolate. Um belo começo para uma noite a dois.

Cerveja: Goose Island/Lohn Bier Little Cata

Estilo: Catharina Sour com Guaraná
Cervejaria: colaborativa da Goose Island de SP com a Lohn Bier de SC
ABV: 3,4%

Vamos falar de brasilidade? Que tal uma cerveja legitimamente brasileira, tanto no estilo quanto nos ingredientes. Essa é a proposta da Little Cata, uma colaborativa entre a Lohn Bier e a Goose Island do Brasil. Eles criaram uma Catharina Sour com Guaraná e lúpulos brasileiros.

O resultado é uma cerveja super refrescante, de coloração dourada, boa formação de espuma e textura frisante. Os aromas e sabores trazem a fruta, guaraná, protagonizando, seguida pelos cítricos emprestados pelos lúpulos, numa mistura muito assertiva. A acidez também. Se destaca entre os gostos básicos e, somada aos 3,4% de álcool, nos entregam um rótulo de extrema drinkability para se beber em goles largos!
Além da harmonização óbvia com peixes e frutos do mar, vou propor que combinem com uma bela fatia de queijo tipo canastra, guarnecido com uma bela colherada de goiabada cremosa. Tem coisa mais brasileira?

Por este mês é isso, pessoal. Você tem dúvidas ou sugestões? É só mandar um direct no Instagram @luiz.caropreso. Até a próxima.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*