Cerveja na Gastronomia — Perdiz na cerveja para o Dia dos Namorados

Por chef Junior Neves, formado em Gastronomia Internacional pelo Senac e chef pelo Espaço Gourmet, atuante há 15 anos na área gastronômica.

Comecei a unir duas paixões, a gastronomia e cerveja, desenvolvendo receitas e sempre usando cerveja no preparo de formas diferentes — decocção ou marinadas. Cito o gastrônomo Brillat-Savarin com uma das suas frases:

“A descoberta de um prato novo é mais útil ao gênero humano do que o descobrimento de uma estrela”, de forma que os leitores têm a liberdade de reproduzir as minhas receitas, mas com um toque pessoal de cada um, trocando algum ingrediente ou usando uma cerveja que seja a sua preferida.

O prato a seguir, Perdiz do Ninho na Cerveja Grodziskie Ale, pode entrar como sugestão para o Dia dos Namorados perfeitamente. A escolha do prato surgiu com o intuito de criar algo novo com a perdiz (galeto) marinada na cerveja com uma leve defumação. Uma carne de fácil acesso no Brasil inteiro, um prato esteticamente bem montado e harmonizado com a própria cerveja da receita.

O mais interessante é combinar a cerveja a gastronomia e pensar que, além disso, ela ainda vai se encaixar perfeitamente ao paladar junto ao prato. Nesse dia em queos bares e restaurantes estão fechados ou com capacidade reduzida, uma perdiz (galeto) serve um casal tranquilamente, numa facilidade de preparo e com um custo muito aconchegante.

Usei a cerveja Grätzer-Grodziskie da cervejaria Bodebrown (PR) pelo baixo teor alcoólico (3,4% ABV) e por ter a característica do trigo levemente defumado em fogo de carvalho. Na marinada com apenas sal, pimenta-do-reino e essa ótima cerveja, o sabor fica sem igual.

A carne branca da perdiz combina totalmente com a cerveja pelo seu baixo amargor. Preparei essa receita já pensando em harmonizar com a própria cerveja usada.

Perdiz do ninho na Cerveja Grodziskie Ale

Dificuldade: fácil.

Tempo de preparo: 45 minutos.

Rendimento: 2 pessoas.

Ingredientes

2 latas de cerveja estilo Grodziskie Ale (Bodebrown)

1 unidade de perdiz inteira

2 unidades de abobrinha

2 unidades de cenoura

1 unidade de alho porró

1 xícara de creme de leite ou nata

3 unidades de ovo de codorna

Azeite de oliva, sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Corte a perdiz ao meio e tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora. Deixe marinando na cerveja por, no mínimo, 4 horas. Após, leve ao forno por 20 minutos a 180 °C e 5 minutos a 220 °C para dourar a pele.

Faça um espaguete dos legumes e refogue em um pouco do próprio caldo da perdiz depois de assada.

Para o molho, refogue o alho porró no azeite, adicione sal, pimenta-do-reino e creme de leite, deixe brevemente emfogo baixo sem ferver. Bata o molho no liquidificador.

Montagem do prato

Com ajuda de um garfo de churrasco ou pinça, faça um ninho com os legumes e acomode os ovos de codorna cozidos sobre o ninho. Entre com o molho ao lado do ninho, a perdiz sobre o molho. Decorei com um miolo de alho porró grelhado no azeite.

Dica

Para quem gosta de um molho um pouco mais ácido, pode-se usar o suco de um limão siciliano ou uma colher de sopa de vinagre de maçã. Pode-se incluir batatas nesse conjunto, colocando-as para assar junto com a carne.

Foto: Nicolly Lacerda

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*