Cerveja sustentável

Photo credit: kevin dooley via Visual hunt / CC BY

A Cervejaria Edelbrau, de Nova Petrópolis (RS), começa a colher os frutos do investimento em sustentabilidade que fez ao longo de 2015. O sistema de reaproveitamento da água usada no resfriamento do mosto, mistura de malte com outros componentes, alcançou nível zero de desperdício do recurso natural que antes seria descartado. “A água utilizada para resfriar a mistura volta para os tanques de armazenamento com temperaturas elevadas e lá permanece até atingir a temperatura ambiente. Logo que isso acontece, o ciclo é reiniciado”, explica Fernando Maldaner, um dos sócios da cervejaria.

1 (13)Para limpeza em geral e irrigação das plantas, a Edelbrau instalou cisternas com capacidade de 20 mil litros que captam a água da chuva. A ideia de Maldaner é ampliar as ações ao longo de 2016. “A intenção é realizarmos um trabalho contínuo na parte de sustentabilidade, reduzindo o consumo energético até chegarmos ao ponto de gerar boa parte da nossa energia com a ajuda de tecnologias como painéis solares fotovoltaicos”, afirma.

Outro exemplo de postura sustentável é da catarinense  Lohn Bier, que doa, semanalmente, as garrafas de seu pub a cervejeiros caseiros. Outra ação realizada pela microcervejaria é a reutilização de sacas de malte, que viram sacolas feitas por costureiras da região. A intenção, segundo a sócia e proprietária da fábrica, Tatiani Felisbino Brighenti, é que os clientes apreciem as cervejas da marca não apenas pela qualidade da bebida, mas também “pela consciência que a marca tem em sua produção”, diz.

Lohn-Bier-2

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*