Debron Bier: referência em produção e premiação no Nordeste

Texto: Emílio Chagas | Foto: Divulgação

Considerada pioneira e uma das grandes responsáveis pela disseminação da cultura cervejeira artesanal em Pernambuco, a cervejaria de quase cinco anos é referência em produção e prêmios no Nordeste. Projeto dos sócios Eduardo Farias, Raimundo Dantas e Thomé Calmon, tem capacidade instalada para chegar a produzir até 250 mil L por mês.

Depois de dois anos de pesquisas e visitas a cervejarias do Sul e Sudeste do país, América do Sul e Europa, os sócios montaram um plano de negócios e criaram a marca. “Buscamos destacar nossa gastronomia, utilizando ingredientes regionais na produção dos estilos de cervejas. A Witbier, por exemplo, leva casca de laranja, coentro e cravo. Já a Stout tem o seu sabor realçado pelas amêndoas de cacau e rapadura. O destaque fica nas Banguês, que utilizam no seu envelhecimento barris de carvalho e amburana”, informa Thomé Calmon.

A cervejaria começou com apenas três estilos, e hoje já são 11: Golden Ale, Imperial Stout, IPA, Pilsen, Vienna, Weizen, Witbier, as envelhecidas Banguê Amburana Aged, Banguê Barrel Aged e Banguê Cachaça Oak Aged, em edições limitadas, e a long neck Debron Craft, uma Lager Premium.

Quer ler a matéria completa? Adquira a edição #43 da Revista da Cerveja.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*