Mestre-Cervejeiro.com lança novas latas em alusão ao Dia da Cerveja Alemã

Cervejas Mestre-Cervejeiro.com

A Mestre-Cervejeiro.com lançou duas novidades em alusão ao Dia da Cerveja Alemã, que acontece em 23 de abril — tendo em vista que nessa data, no ano de 1516, foi criada a Lei da Pureza Alemã —. As lojas da rede comemoram a data com eventos, novidades e promoções de rótulos de cerveja de estilos alemães durante uma semana.

Entre os dias 22 e 27 de abril, a Mestre-Cervejeiro.com, maior rede de lojas de cervejas artesanais do Brasil, comemora a Semana da Cerveja Alemã. Nas mais de 60 unidades espalhadas por todo o país, a rede irá promover uma ação especial para clientes e amantes da cultura cervejeira, que terão a oportunidade de experimentar e degustar várias cervejas alemãs, além de chopes, latas e garrafas de estilos característicos do país.

A rede ainda irá lançar duas novas versões em latas de 350 mL, que já eram comercializadas somente em garrafas. Produzidas pela Cervejaria Tupiniquim, uma das parceiras da rede, as novas versões são: Mestre-Cervejeiro.com Amarillo Weisse e Mestre-Cervejeiro.com Hallertau Mosaic Pilsner.

Além disso, os rótulos também serão vendidos em forma de chope nas lojas. “Ambas eram produzidas em garrafas e migramos para as latas, visando melhor qualidade nas propriedades sensoriais e organolépticas dos produtos. E, principalmente, fazer com que as cervejas chegassem a um custo mais baixo para o cliente final”, afirma Daniel Wolff, diretor e fundador da Mestre-Cervejeiro.com.

Inspirada nas receitas tradicionais alemãs, a Amarillo Weisse é uma cerveja de trigo feita com o lúpulo americano Amarillo – que traz um sabor cítrico à cerveja. Ela possui aromas frutados típicos do estilo, que remetem a banana e especiarias como, por exemplo, o cravo.

Já a versão Halletau Mosaic Pilsner, tem o lúpulo alemão Hallertau como base e é temperada com Mosaic, comumente utilizado nas cervejas IPAs. A combinação destes aromas confere um sabor único e complexo que remete a frutas amarelas e toques florais.

Lei da Pureza Alemã

Para garantir a qualidade da cerveja alemã, o Duque alemão Wilhelm IV promulgou no dia 23 de abril de 1516, na Baviera, a Reinheitsgebot, ou em português, a Lei da Pureza da Cerveja, que instituiu que a cerveja só deveria ser produzida utilizando apenas três ingredientes: malte, lúpulo e água – a levedura ainda não era conhecida na época. Atualmente, devido à regulamentação europeia, outros ingredientes são autorizados nas cervejas alemãs, mas muitas cervejarias ainda seguem a Lei, principalmente as mais tradicionais.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*