Pedrita Honey Ale é a nova cerveja da Tibaya

A Tibaya Cervejaria, que é a primeira cervejaria artesanal de Atibaia/SP, anunciou a chegada do seu mais novo rótulo: a Pedrita Honey Ale. O destaque da cerveja vai para o mel utilizado.

Com teor alcoólico de 5,2% e 10 IBU, o produto é uma bebida mista a base de cerveja e mel, cujas características principais são o corpo leve, o suave amargor e o aroma persistente de mel. Entre os seus ingredientes estão dois tipos de maltes de cevada e dois tipos de lúpulos, além da água, da levedura e do mel de flor de laranjeira.

A bebida não possui conservantes ou aditivos químicos em sua receita. A Pedrita Honey Ale tem coloração dourada e não é filtrada, o que garante as melhores características dos aromas, principalmente o do mel. Além disso, ao degustá-la, é fácil perceber as notas da flor de laranjeira que agrega bastante ao conjunto da cerveja e que também garante maior drinkability.

“Pensamos em lançar esse estilo de cerveja, pois é um produto com poucas referências e marcas no mercado. Temos grandes expectativas com relação a esse rótulo, pois acreditamos que haverá grande procura e boas vendas”, explica Eduardo Félix, diretor e mestre cervejeiro da Tibaya Cervejaria.

Segundo o profissional, o produto foi desenvolvido de forma que o mel seja o grande destaque. “Usamos apenas dois tipos de maltes, sendo um deles o Pale Ale para não deixar a cerveja muito maltada. Também optamos pelos lúpulos mais cítricos para não prejudicar o aroma e o sabor do mel de flor de laranjeira”, ressalta Félix.

Disponível em garrafas de 300 mL e em chope, a Honey Ale chegará ao mercado no final de julho e será produzida durante todo o ano e é a terceira cerveja da linha Pedrita. “Inicialmente vamos produzir cerca de 500 litros da cerveja por mês e iremos aumentar a sua produção conforme o aumento da demanda. Os pontos de venda de Atibaia serão os primeiros a receber o produto que gradativamente chegará às gôndolas de nossos parceiros em cidades como São Paulo, Jundiaí, Santos, Guarulhos, São Bernardo do Campo, Nazaré Paulista, Piracaia, Bom Jesus dos Perdões, entre outras cidades paulistas”, diz Félix.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*