Rabo de Arraia é o mais novo lançamento da Catimba Tragos & Gorós

A ovem cervejaria paulistana acaba de lançar uma receita de Berliner Weisse, cerveja clara, com base em grãos clássicos e de corpo turvo.

Com adição de cambuci, fruta azedinha e doce que realça a acidez do conjunto, o fruto nativo da mata atlântica já deu nome a bairro de SP, pois a sua madeira, muito resistente e utilizada para fabricar ferramentas, já ajudou a subir muita laje por lá. Sua aparência lembra uma pequena moringa, e consta que seu nome deriva do termo tupi-guarani “kãmu-si”, que se refere a um pote de argila feito para armazenar água. O cambuci é cheio de vitamina A, C e complexo B, muito rico em tanino e muito utilizado pelas medicinas dos povos tradicionais para o tratamento de tosse e inflamações.

“Hoje, graças ao trabalho de uma galera muito massa na recuperação da nossa mata nativa, ele é símbolo da preservação da Mata Atlântica. O cambuci da nossa cerveja veio de Jarinu, no interior de São Paulo e foi colhido pelo pessoal da @ciclosagroecologia“, divulga a marca.

Para a cervejeira da Catimba, Babi Fonseca, o estalo pra criar a Rabo de Arraia veio do gosto pelas cervejas ácidas, pela experiência de morar na roça e lidar com a sazonalidade e espontaneidade dos insumos e a um episódio com a fruta. “Durante um churrasco na casa do compositor Douglas Germano, fui apresentada ao cambuci numa cachaça que ele estava curando com a fruta num belo vidro, diferente de todas as frutas que eu já tinha provado. Enfiei na cabeça que a primeira Sour da Catimba só podia ser com ela. Sai do churrasco com um saco de Cambuci, mas a cerveja só veio alguns anos depois”.

A cerveja não será pasteurizada (o que mantém seu frescor e características sensoriais mais acentuadas) e será vendida em latas de 473 mL direto na loja on-line da cervejaria (www.cervejariacatimba.com.br). O fardinho com 3 latas sai por R$ 69.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*