Sebrae RS leva 33 empresas para o Festival Sul-Americano de Cerveja

O Festival Sul-Americano de Cerveja, que acontece nos dias 9, 10 e 11 de agosto, no Centro de Eventos da FIERGS, é um evento inteiramente dedicado a um nicho que está em constante crescimento: as cervejarias. E Porto Alegre, com certeza, é o lugar perfeito para um evento com essa temática. A capital gaúcha registrou 465 novas marcas de cerveja somente no ano passado, sendo a cidade brasileira com mais registros de novas cervejas, segundo o Anuário da Cerveja no Brasil, divulgado pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Com o objetivo de expandir a cultura das cervejarias, o evento contará com mais de 30 marcas de cerveja artesanal como expositoras. O Sebrae RS apoiará 27 cervejarias participantes dos projetos Desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Alimentos e Bebidas no RS e Maturação Comercial para Indústrias de Alimentos e Bebidas. Atualmente, esses dois projetos atendem mais de 35 cervejarias, buscando posicionar essas empresas no mercado, além de trabalhar todos os aspectos dessa indústria e ampliar o leque de atuação.

Além disso, a Banca 43, em parceria com o Sebrae RS e o Festival, irá disponibilizar espaço de exposição e comercialização para seis empresas de alimentos e bebidas premium participantes de projetos da organização. “Essa iniciativa incentiva as empresas a criar relacionamento mais próximo do consumidor final porque, diferentemente das cervejas artesanais, as indústrias de alimentos não têm essa oportunidade. Eles já são destaques em supermercados e mercadinhos de bairro, por que não aproveitar esses eventos também?”, enfatiza a gestora de projetos do Sebrae RS Francine Danigno.

O apoio do Sebrae RS tem como propósito facilitar a presença dessas cervejarias em um dos eventos mais importantes para o ramo. “É importante que as cervejarias tenham essa oportunidade de levar o nome para o mercado e fortalecer a marca”, acrescenta a gestora de projetos do Sebrae RS Jociane Ongaratto. A expectativa é que essas empresas possam gerar novos negócios, fazer novos contatos e, até mesmo, fechar parcerias com outras cervejarias. Segundo Jociane, o foco não é apenas outras empresas interessadas em comprar cerveja, mas também o público final, que é consumidor e cada vez mais apaixonado pela cerveja gaúcha.

Foto: Giovani Paim

Fonte: Festival Sul-Americano de Cerveja

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*