Catharina Sour entra para o BJCP - Revista da Cerveja

Notícias

05
jul
2018
    Publicidade
Catharina Sour entra para o BJCP

Estilo criado em Santa Catarina entra para um dos mais respeitados guias mundiais de estilos de cerveja.

Na última quarta-feira (4), o Beer Judge Cerfication Program (BJCP) anunciou a introdução provisória da Catharina Sour no seu guia. É a primeira vez que um estilo criado no Brasil recebe essa distinção. Com isso, a cerveja agora poderá ser julgada em todo o mundo em concursos oficiais que seguem essa normativa. O presidente do BJCP, Gordon Strong, esteve recentemente no Brasil e participou do processo.

Caracterizada como leve e refrescante, com baixo amargor, corpo leve e boa carbonatação, a cerveja começou a ser estudada em 2015 entre os produtores caseiros de Santa Catarina. Em 2016, através da Associação Catarinense das Cervejas Artesanais (Acasc), eles organizaram um workshop que contou com a participação de mais de 20 cervejarias, que passaram a produzir a Catharina Sour profissionalmente.

A base do estilo é uma Berliner Weisse, com o uso de alguma bactéria láctea e frutas no processo. “Com a adição de frutas a uma cerveja ácida e leve, conseguimos voltar ainda mais os olhos do mundo interessado em cerveja para o Brasil. Estamos muito felizes”, avalia Carlo Lapolli, presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) e um dos criadores do estilo.