A Lei Seca nos EUA

A experiência de proibição total de bebidas alcoólicas nos Estados Unidos nos anos 1920–30.

TEXTO: LETÍCIA GARCIA

A Prohibition, conhecida aqui como Lei Seca, vigorou por 13 anos nos EUA, tornando ilegais a fabricação, venda, distribuição e importação de qualquer bebida alcoólica no país. A medida drástica, instituída na Constituição Estadunidense com a 18ª Emenda, interferiu nos hábitos e na liberdade individual da população por força de um grupo muito organizado que pregava pela moralidade no país. O que, no início, era uma ação de combate ao alcoolismo acabou se tornando uma cruzada estendida à vida de todos os americanos, levando a um comércio clandestino que fez explodir a violência no país com a ascensão da máfia.

As raízes da Lei Seca estão nos anos 1800, quando bebidas destiladas se tornaram mais populares. O desenvolvimento da agricultura levou a um excedente de milho, tornando o uísque a bebida mais barata do mercado. O seu consumo cresceu exageradamente: a cerveja, que acompanhava as refeições até então, foi substituída.

Quer ler a matéria completa? Adquira a edição #39 da Revista da Cerveja.

Foto: LOC/National Photo Co. Collection

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*