Goose Island cria projeto em prol das mulheres

torneiras goose island

Batizada de Goose Island Sisterhood, confraria formada por mulheres promove discussões sobre a participação da mulher no universo cervejeiro.

Formado por diversas representantes de entidades, ativistas e cevejeiras, a Goose Island Sisterhood, projeto da Goose Island, é uma confraria feminina que se reúne para estimular o engajamento e debater sobre diversas causas femininas, além de criar cervejas especiais, com a renda integralmente revertida para instituições que defendam causas importantes para o gênero. “A Goose Island Sisterhood nasceu do sonho de resgatar o protagonismo que sempre tivemos no mundo cervejeiro e devolver o lugar que sempre foi nosso: seja carregando os sacos de maltes, atrás e à frente dos balcões de bares, seja nas panelas produzindo, bebendo ou falando sobre ela, a cerveja”, explica Beatriz Ruiz, gerente de conhecimento cervejeiro da Ambev e criadora da iniciativa.

Na última semana, a confraria se reuniu no Brew House Goose Island para lançar a primeira cerveja do projeto: Carolina. A bebida é uma Sour com goiabada e homenageia a escritora brasileira Carolina Maria de Jesus, considerada uma das primeiras e mais importantes autoras negras do Brasil. Em edição limitada, Carolina estará disponível no Brew House da cervejaria pelos seguintes valores: 200 mL por R$11,50; 450 mL por R$20 e 570 mL por R$24. Todo o valor arrecadado com as vendas das cervejas criadas pela confraria será revertido para alguma instituição. No caso da Carolina, a renda será destinada para o coletivo Di Jejê – fundado por Jaque Conceição, é um espaço para a promoção e produção de conhecimento sobre a mulher negra por meio de cursos, palestras e eventos abertos ao público.

 

*Foto: Reprodução/allbeers.com.br

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*