Profissão Cerveja — Formação Cervejeira

Fernanda Meybom

Por Fernanda Meybom, engenheira química, sommelier e Mestre em Estilos e Avaliação de cervejas.

Dentre as demandas que surgem com o crescimento do número de cervejarias, a busca por profissionais qualificados é dentre elas, um grande desafio. Num mercado relativamente novo, existe uma inexperiência de ambos os lados, tanto de quem contrata quanto de quem quer ser contratado.

A questão sobre a formação de profissionais no mercado cervejeiro levanta debates acirrados, mas acredito que em um ponto quase todos concordam: não é com apenas um curso de 70 ou 80 horas que formamos profissionais totalmente capacitados para trabalhar com cerveja. Esses cursos de curta duração são um começo sim, mas de forma geral a dedicação do profissional vai além da sala de aula, horas copo ou viagens, envolve também muita pesquisa e estudos paralelos.

Além do tempo de estudo, outro ponto que geram dúvidas é quanto a finalidade de cada curso.

Dentre os cursos oferecidos no mercado estão:

  • Sommelier de Cervejas – curso inicial, de curta duração, sobre estilo e degustação de cervejas;

  • Master em Estilos de Cervejas – curso mais aprofundado em estilos de cervejas, de curta duração;

  • Tecnologia Cervejeira – curso inicial, de curta duração, para atuar com produção de cervejas;

  • Mestre Cervejeiro – curso que qualifica o profissional a trabalhar como Mestre Cervejeiro, na produção da cervejaria, de média duração;

  • Técnico Cervejeiro – curso de nível médio que qualifica o profissional a trabalhar com produção de cerveja, de média duração;

  • Tecnólogo em Cervejaria – curso de nível superior, de longa duração, que qualifica o profissional a trabalhar com produção de cerveja;

  • Engenharia de Produção Cervejeira – curso de graduação, de longa duração, que qualifica o profissional a trabalhar em qualquer área que envolve a produção de cervejas;

  • Especialização em Tecnologia Cervejeira – curso de pós-graduação nível de especialização na área de produção de cervejas, de média duração.

Cada curso tem suas especificidades, tempo de duração completamente diferentes e conteúdos parecidos mas com aprofundamentos bem diferentes também.

O mais famoso e comum dentre eles é o Sommelier de Cervejas que normalmente é também o curso inicial para quem quer entrar no universo cervejeiro.

Existem também outros cursos que habilitam profissionais a atuarem no mercado cervejeiro que não são tão específicos em cerveja, como: Engenharia de alimentos, Engenharia Química, Química, Agronomia, Ciências dos Alimentos, Biologia e demais engenharias que tenham características para formar profissionais para atuarem na área industrial.

Portanto, se há um desejo em trabalhar no mercado cervejeiro é bem importante que antes de se matricular em algum curso, seja visto junto aos órgãos de fiscalização profissional o que cada curso habilita e no caso de cursos sem regulamentação legal, que seja visto com profissionais e instituições de ensino qual a área de atuação destes profissionais.

Nos próximos artigos falarei especificamente sobre cada um deles.

>> Confira a coluna anterior de Fernanda Meybom

2 Comments

  1. Gostaria de receber noticias sobre curso de cervejeiro. pois sou quimico e estou querendo montar uma fabrica de cerveja caseira ?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*