Profissão Cerveja — Sommelier de cervejas

Fernanda Meybom

Por Fernanda Meybom, engenheira química, sommelier e Mestre em Estilos e Avaliação de cervejas.

O sommelier de cervejas é um dos cursos mais procurados quando se pensa em entrar no mercado cervejeiro. A profissão é nova, mas ganhou destaque com a grande expansão de cervejarias nos últimos anos, ou seja, o mercado de cervejas aqueceu e diversos estilos diferentes de cerveja apareceram nas prateleiras de lojas e cardápios de bares.

Com esses tipos de cervejas bem diferentes das American Lagers comuns que estávamos acostumados há uns cinco anos atrás, a necessidade de expansão e disseminação de conhecimentos sobre esses estilos tão diversos se tornou imprescindível.

Nesse contexto, a figura de um profissional capacitado tanto para orientar consumidores quanto produtores, não apenas indicando quais cervejas consumir, mas também o que difere cada cerveja da outra, fez com que o sommelier de cervejas se tornasse o profissional do momento. E essa é uma das principais funções dele, auxiliar na escolha das bebidas, indicar uma harmonização e garantir que a mesma seja servida na temperatura e forma correta.

Quando eu comecei meu curso de sommelier de cervejas confesso que tinha curiosidade apenas. Não pensava em levar o assunto como uma profissão. Eu apenas queria saber o que eram esses estilos tão diferentes. Durante o curso, descobri que o profissional deve ser capaz de analisar sensorialmente a cerveja e ser apto a descrever qualitativamente a bebida.

De fato, tais atividades requerem muito treinamento e não é uma tarefa fácil. Além disso, estuda-se a história e cultura cervejeira, seus diversos insumos e matérias-primas, processos cervejeiros, harmonização, serviço, mercado e legislação cervejeira. E realmente é muito conteúdo em tão pouco tempo (normalmente os cursos têm de 80 a 120 horas).

Acredito também que, para uma boa formação e atuação no mercado de trabalho, apenas o curso de sommelier não basta. Além dele, sempre que posso faço cursos de gestão e análise sensorial. Também fiz o curso de Master in Beer Styles and Pairing, ou Mestre em estilos e harmonização, que seria uma especialização do sommelier.

No próximo texto falarei um pouco mais sobre o curso de Mestre em Estilos.

Pra finalizar, algumas das atividades do profissional sommelier:

Organização de eventos de degustação e harmonização;

  • Atuar em bares, restaurantes e hotéis e, desta forma:
    · Elaborar cartas de cervejas de acordo com o perfil do estabelecimento
    · Cuidar do armazenamento das bebidas para manter a qualidade
    · Indicar e sugerir cervejas e harmonizações;
  • Treinamento de equipes de atendimento e vendas na área cervejeira;
  • Atuar em distribuidoras de bebidas, escolhendo as opções de cervejas mais interessantes para os seus clientes;
  • Atuar em importadoras de bebidas, através da seleção de rótulos e descrevendo informações técnicas sobre os produtos;
  • Fazer parte desenvolvimento da cerveja dentro de cervejarias, ajudando na criação de novos produtos;
  • Prestar consultoria para empresas no ramo cervejeiro.

Fonte: Escola Superior de Cerveja e Malte.

>> Leia a última coluna de Fernanda Meybom

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*